sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Buscando Lugar No G4, Botafogo E Inter Empacam Com Empate

Botafogo e Internacional empataram na noite de quinta-feira, no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro. O jogo foi escasso em oportunidades de gol, embora bastante corrido e movimentado. Com a igualdade no placar (1a1, gols de Leandro Damião e Cidinho), o Botafogo permanece no quinto lugar, a quatro pontos do último integrante da zona de acesso à próxima Libertadores - atualmente o Vasco, com quarenta e dois. O Inter, em sétimo, está dois pontos abaixo do Bota e a seis do G4. Na próxima rodada, ambos os clubes atuarão no domingo, às 18h30: enquanto o Colorado recebe o Sport em Porto Alegre, o Glorioso visita a Ponte Preta em Campinas.

O jogo

A ausência de Clarence Seedorf foi bastante sentida por um Botafogo pouco capaz de se aproximar da área adversária. Andrezinho era participativo e dava mobilidade ao meio-campo, mas a omissão de Márcio Azevedo (que pouco se apresentava no campo ofensivo) e as atuações irregulares de Lodeiro, Fellype Gabriel e Elkeson atravancavam o avanço alvinegro. Jogando em contra-ataque, o Internacional teve a maior chance de gol no primeiro tempo, quando Leandro Damião deixou a bola passar e D'Alessandro, livre na área, finalizou por cima.

Na segunda etapa a partida melhorou, sobretudo após o clube gaúcho abrir o placar: Fred recebeu do goleiro Muriel, avançou sem ser incomodado e descolou ótima enfiada de bola para Damião, que chutou rasteiro, na saída do goleiro Jéfferson, inaugurando o marcador e silenciando a então festiva torcida alvinegra. Veja vídeo.

Oito minutos depois do gol sofrido, porém, os donos da casa tiveram motivo para sorrir: aos trinta e um, dois jovens jogadores que haviam entrado no segundo tempo foram determinantes para o gol de empate, que aconteceu após excelente lançamento de Jéferson Paulista e oportuna conclusão de Cidinho.

O empate parecia não ser o objetivo de ninguém e o cronômetro avançava com os dois lados buscando a vitória. Diego Forlán, que entrou no segundo tempo (havia atuado pela seleção uruguaia e por essa razão não foi escalado com os titulares), deu uma bicicleta que passou à direita, aos trinta e sete. No minuto posterior, Elkeson teve a camisa puxada na área mas o árbitro Elmo Resende não marcou a penalidade cometida por Elton, dando cartão amarelo para o camisa nove do Botafogo pela reclamação veemente. Ainda houve tempo para Forlán balançar a rede, mas dessa vez a arbitragem acertou, indicando impedimento.

2 comentários:

  1. Tudo que Gremio e Vasco queriam era um empate nesse jogo, agora ficou mais complicado...

    E nesse bolo estão, além dos citados no post, São Paulo e Cruzeiro, todos amarrados no mesmo problema, falta de sequências boas... no máximo são dois ou três jogos bons e lá vem dois ou três jogos ruins de novo. Sulamericana garantida...

    BLOG DO CLEBER SOARES
    clebersoares.blogspot.com

    SOMOS FLAMENGO
    somosflamengo33.blogspot.com

    ResponderExcluir